gestão de eventos, DRONES EM EVENTOS

Views: 460

Written by:

É um pássaro? É um avião? Não, é um drone no seu evento

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Cada vez é mais comum vermos drones por todos os lados, e as equipes de gestão de eventos já aproveitam inovadoras maneiras para gerar mais engajamento e o fator WOW, na coleta de dados e também para aumentar a segurança.

O uso de drones permite diversas atividades, até mesmo ações que são simples de incorporar na gestão de eventos, mas que surpreendem o público e provocam um WOW. Um drone “garçom”, por exemplo, levou um refrigerante para o CEO de uma grande organização de TI durante o seu keynote na convenção anual.

E que tal, em vez de fazer uma queima de fogos de artifício, oferecer um “balé” com vários drones iluminados no céu, escrever uma mensagem ou como elementos decorativos móveis, com luzes de LED, capturando imagens?

Quem sabe em breve podemos ter drones atuando como “personal valets”, conduzindo as pessoas até o salão de palestra ou estande de seu interesse, a partir dos dados inseridos no app para eventos? As possibilidades são inúmeras. Só depende da sua imaginação e do seu orçamento, claro.

Aliados na segurança

Para grandes eventos, os drones podem ser equipados com câmeras que captam com precisão, em tempo real, qualquer tipo de incidente, que pode ser uma movimentação estranha na área de estacionamento ou qualquer outro tipo de falha na segurança, possibilitando uma rápida ação.

E os fabricantes já sinalizaram que em breve os drones poderão ser equipados com tecnologia capaz de identificar a entrada de armas na área do evento.

Os drones também podem ajudar a calcular exatamente quantas pessoas estão em determinado lugar, dado que pode ser inserido na plataforma de gestão de eventos, fazendo parte da funcionalidade de Analytics, que reúne estatísticas importantes que ajudam a calcular o ROI (Return on Investment) e ROO (Return on Objectives).

Por dentro da lei

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou no início de maio de 2017 o texto que regulamenta o uso de drones no país. As regras dividem as aeronaves em três categorias a partir de seu peso: unidades com peso abaixo de 25 kg; aquelas entre 25 e 150 kg, e aeronaves com mais de 150 kg.

A nova norma obriga a que:

  • Drones com mais de 25 kg – tenham registro na Anac
  • Drones com mais de 250 gramas e até 25 kg – tenham cadastro no site da Anac
  • Drones com peso inferior a 250 gramas – não precisam ter qualquer cadastro

Para operar drones, é preciso ter autorização individual da Anac e pilotos de drones com mais de 25 kg precisam ter habilitação. A partir de agora, é proibido pilotar drones sobre pessoas, a não ser que elas tenham dado autorização para isso. Caso contrário, será preciso respeitar uma distância de 30 metros.

O texto é bem claro: a utilização dos drones em desacordo com a norma implicará em processo administrativo, civil e criminal. Portanto, esteja atento e veja se o seu fornecedor atende a todas as regras e evite problemas sérios na sua gestão de eventos.

E você, já usou drones na sua gestão de eventos de alguma forma? Conta pra gente nos comentários! 😉

 

Como inovar em eventos corporativos

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *