Periscope em eventos, periscope e apps para eventos

Views: 236

Written by:

Periscope: como usar o vídeo em tempo real para promover eventos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Ao completar um ano em março passado, o Periscope anunciou que nesse período haviam sido feitas mais de 200 milhões de transmissões. Com uma duração total equivalente a 110 anos. Embora não seja a única ferramenta nesse segmento no mercado, o app tornou-se popular com rapidez. Associado ao Twitter, tem grande potencial para promover eventos.

Tanta popularidade fez crescer a base de usuários. Quatro meses após o lançamento, já eram 10 milhões no mundo todo -, o que pode ser uma vantagem em termos da estratégia de marketing para eventos. O Facebook e o Twitter são ferramentas de engajamento que não podem mais ser dispensadas nas campanhas. Mas com o Periscope você pode atingir uma base de usuários específica, com muito menos competição pela atenção do usuário.

Essa comunicação direta poderá ser bastante produtiva no que se refere a eventos periódicos, criando uma comunidade online que vai receber constantes updates e novidades. Ao longo do tempo, como veremos mais adiante, também tem um bom potencial para promover convidados especiais e palestrantes de destaque da programação do evento.

Ao espaço e além

O Periscope já chamou a atenção da Nasa, a agência espacial norte-americana, que faz uso intensivo de redes sociais. Quem se inscreve no canal recebe vídeos ao vivo periódicos. Em geral com a participação de astronautas. Que vêm se tornando astros das mídias sociais graças a treinamento dado pela agência.

A participação dos astronautas em atividades de mídias sociais é voluntária e eles reúnem milhares de seguidores em suas contas nas redes sociais. Ainda que avisem que há pouco tempo de sobra para postagens em meio ao trabalho duro no espaço (a jornada costuma ser de 12 horas). A conta da agência espacial no Periscope conta com “apenas” 64,8 mil seguidores. Contra os mais de 14 milhões do Instagram, ao qual a Nasa aderiu em 2013.

Não vá mostrar demais

O Periscope é uma excelente ferramenta no que se refere a live streaming, inclusive através da integração com seu app para eventos. Ele traz um toque espontâneo que tem sido aproveitado em ocasiões das mais variadas. Como cultos religiosos, entrevistas coletivas ou solenidades. Convém, entretanto, avaliar alguns cuidados necessários antes de sair filmando a tudo e a todos:

Direitos autorais – Este é um problema mais sério do que parece. Há vários problemas relacionados a direitos de imagem e/ou autorais relacionados às transmissões ao vivo, que abrangem também os locais onde são realizadas as transmissões. A filmagem indiscriminada gera também o risco de violação de privacidade. Fique bem atento a isto.

Qualidade – A transmissão ao vivo não pode substituir totalmente um trabalho profissional de gravação de eventos para uso em campanhas de marketing e/ou mídias sociais. A infraestrutura de internet do evento precisa ser levada em conta para evitar interrupções que fatalmente resultarão em perda de audiência.

Transparência – Quem sabe faz ao vivo, como se diz na TV – mas isso acarreta o risco de situações inesperadas. Considere se o evento (e as pessoas que serão filmadas) estão preparadas para tanta transparência!

Tempo – A facilidade de utilização pode levar ao exagero. Por isso é conveniente avaliar com atenção a duração do streaming. Além de observar, pelos resultados obtidos, qual foi a reação e engajamento do público a cada transmissão.

Periscope em eventos

De acordo com os desenvolvedores do Periscope, eles imaginaram o aplicativo como “a coisa mais próxima de um teletransporte”. Ao promover eventos, você dispõe de algumas alternativas viáveis para aproximar-se e elevar o engajamento com seu público-alvo. Recorrendo à características imediata e descontraída do vídeo em tempo real. Segue algumas dicas que eu dou para promover seu evento:

1 – Cenas de Bastidores

A naturalidade da transmissão ao vivo se adapta especialmente às cenas de preparação ou de bastidores de eventos. Que podem incluir comentários e entrevistas. Desde que resolvidas as questões de privacidade/direitos de imagem, estas cenas também poderiam incluir colaboradores ou participantes.

2 – Mini-Eventos

Convidados ou palestrantes podem transmitir uma prévia de suas apresentações. Também dar uma entrevista ou divulgar conteúdo exclusivo relacionado ao tema do evento. Vale lembrar que a há possibilidade de interação direta com o público, com respostas a comentários e perguntas.

3 – Novidades

Além dos releases e postagens em redes sociais, a organização do evento também pode recorrer ao vídeo para divulgar novidades na programação. Como a confirmação de uma atração especial, assinatura de contratos etc.

4 – Promoções

Associado ao Twitter, o app é um canal adicional para campanhas de promoções. Também de descontos oferecidos por patrocinadores. Com a transmissão de entrega de prêmios em um painel multimídia e/ou com notificações através do aplicativo de eventos.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *