marketing para eventos, FOMO, InEvent,

Views: 666

Written by:

Como promover o FOMO em seu marketing para eventos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

O uso intensivo das redes sociais pela população já é uma realidade, especialmente entre millennials e jovens profissionais, um público-alvo do maior interesse para os organizadores de eventos. De acordo com pesquisa do site eMarketer, um quarto da população da América Latina está acessando as redes, o que equivale a cerca de 260 milhões de pessoas. Com isso, nenhum planejamento de marketing para eventos pode ignorar essa realidade, o que vem resultando em investimentos cada vez mais expressivos nas redes.

O Brasil mergulha nas redes sociais

De acordo com a pesquisa, divulgada no ano passado pelo eMarketer, o Brasil é o país com maior número de usuários de redes sociais da AL, aproximando-se rapidamente dos 100 milhões. O crescimento é expressivo: em 2014 eram 78 milhões de usuários, que pularam para 93 milhões apenas dois anos depois. E ainda há espaço para crescimento, já que o número de usuários em relação à população total ainda é inferior à Europa e América do Norte. Como seria de se esperar, o Facebook lidera o ranking e é utilizado por 95% das pessoas que acessam as redes.

Esses usuários acompanham o que amigos, colegas e pessoas conhecidas fazem em suas vidas. Tal hábito fez surgir o fenômeno conhecido como Fear Of Missing Out (FOMO), ou a sensação de estar perdendo algo importante ou de que as pessoas estão se divertindo ou se desenvolvendo mais do que eles. Como não podia deixar de ser, o FOMO entrou no radar dos marqueteiros e passou a fazer parte das estratégias das campanhas.

marketing para eventos, FOMO, InEvent,

A voz do povo no marketing para eventos

Segundo pesquisa realizada pela Eventbrite, sete em cada 10 usuários experimentam alguma forma de FOMO. Uma experiência tão comum não poderia ser deixada de lado pelo marketing para eventos, já que potencializa o poder da propaganda boca a boca (no caso, dispositivo a dispositivo, sejam eles computadores, tablets ou smartphones).

Como a voz do povo pode auxiliar a promover o medo de perder alguma coisa em seus eventos? Veja alguns exemplos:

  • Estações de selfies – Seus participantes vão gostar de compartilhar os bons momentos vividos, e estações de selfies, colocadas estrategicamente em áreas de grande confluência de público, vão auxiliar na produção de conteúdo visual. Quanto mais criativas, melhor, mas um simples slogan ou nome – conforme ficou comprovado no Rio de Janeiro, durante a Olimpíada, com o “Cidade Olímpica” na revitalizada Zona Portuária – também podem funcionar e ajudar a divulgar a marca do evento.
  • Eventos inesperados – Causar surpresa e contentamento nos participantes com eventos inesperados durante a programação é outra estratégia de marketing para eventos. Seja um show ou uma competição que premie vencedores, o importante é causar impacto e levar à divulgação pelas redes.
  • Crie hashtags memoráveis – Hashtags são importantes para as redes sociais. Elas resumem situações e sentimentos em relação a fatos ou pessoas e podem se tornar trend topics em redes como o Twitter. Investir o tempo numa hashtag criativa e que seja utilizada pelos participantes vai contribuir para tornar seu evento mais conhecido e interessante.

É dando que se recebe

O conceito pode ser discutível eticamente em várias situações do nosso cotidiano, mas, no que se refere ao marketing para eventos, oferecer algo ao público costuma trazer benefícios em termos de atração de participantes e buzz nas redes sociais. Vejamos alguns exemplos:

  • Ofertas relâmpago – É possível oferecer ofertas relâmpago, com descontos e vantagens de curta duração, com o objetivo é criar um senso de urgência no sentido de aproveitar a oportunidade antes que expire. Para tornar mais efetiva a campanha, promova uma pré-campanha para alertar seu público-alvo da oferta que está para chegar.
  • Promoções surpresa – Oferecer uma chance de uma promoção exclusiva para seus participantes é uma boa estratégia de marketing para eventos, já que eles se sentirão agraciados e devem aproveitar a oportunidade para divulgar o fato nas redes. Estas promoções podem incluir encontros com palestrantes ilustres, prêmios de patrocinadores ou lugares especiais (primeiras filas) em auditórios. Naturalmente, não se deve deixar somente aos participantes a tarefa de divulgar as premiações – a organização do evento deve utilizar seus próprios canais para isso.

Influenciadores na linha de frente

Qualquer que seja seu público-alvo, a presença de pessoas de talento reconhecido no setor ou que simplesmente sejam muito conhecidas do público traz um adicional de atração nas campanhas de marketing para eventos. A oportunidade de ver de perto seus ídolos é um fator de atração poderoso, que deve ser levado em conta para a promoção de FOMO.

Reconhecimento – Para marcar a presença das duas principais atrações, você pode promover sessões especiais de autógrafos das duas obras, ou promover alguma forma de homenagem. Tudo isso vai contribuir para enfatizar a presença da celebridade no evento e disseminar o fato através das redes.

Engajamento – Já mencionamos recentemente no blog o poder dos palestrantes. O engajamento deles na sua campanha, com a divulgação da hashtag ou da programação, contribuirá para gerar buzz entre os seguidores, ampliando assim o público-alvo potencial do evento e gerando novos leads.

Estratégias de marketing para eventos

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *