eventos, produtividade, acessibilidade, organizadores de eventos

Views: 431

Written by:

Como garantir a acessibilidade no evento do início ao fim

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

De acordo com o último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgado em 2016, quase 24% da população brasileira possuem algum tipo de deficiência, o que corresponde a cerca de 45 milhões de pessoas. A boa notícia é que cada vez mais pessoas com deficiência estão sendo inseridas no mercado de trabalho e números do Ministério do Trabalho indicam crescimento de 32% entre 2009 e 2014. Esse é um cenário que deve ser levado em consideração pelos organizadores de eventos.

O Guia de Acessibilidade em Eventos, elaborado por secretarias estaduais em parceria com empresas e instituições, recomenda inicialmente que os organizadores de eventos devem inserir todos os custos referentes à acessibilidade no primeiro orçamento, selecionar locações considerando esse aspecto e delegar esse planejamento para uma determinada pessoa da equipe.

A partir daí, devem ser consideradas as seguintes etapas:

Vagas de estacionamento/embarque e desembarque

É lei. Se o evento oferecer vagas, 5% delas, o mais próximo possível da área destinada às pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida, devem ser reservadas. Se o evento não oferecer estacionamento, é necessário ter uma área de embarque e desembarque exclusiva.

Área/lugares para pessoas com deficiência e/ou mobilidade reduzida

Também é lei. Os organizadores de eventos devem reservar lugares ou uma área específica, seguindo a mesma lógica dos teatros e casas de show, como mostra a tabela abaixo:

Promova a autonomia 

Além de contratar pessoas com deficiência, os organizadores de eventos devem:

  • Disponibilizar materiais em audiobooks
  • Oferecer guia vidente para participantes com deficiência visual
  • Oferecer guia intérprete de libras para participantes com deficiência auditiva

Banheiros adaptados  

Também é lei: pelo menos 5% do número total de banheiros devem ser adaptados para pessoas em cadeira de rodas. Nos outros banheiros, coloque uma pequena etiqueta em braile próximo à maçaneta, identificando se é masculino ou feminino.

Acessibilidade a comidas e bebidas

As mesas com buffet devem ter altura suficiente para que as cadeiras de rodas possam se encaixar por baixo. Caso haja local de venda, garanta o acesso e disponibilize menus em braile.

Sinalização 

Coloque placas ou banners indicando onde a pessoa com mobilidade reduzida pode encontrar banheiro adaptado, área reservada, guias, rampas etc.

Emergências 

Disponibilize sinais sonoros e visuais indicando as saídas de emergência, com caminho livres de escadas e com largura suficiente para passagem de cadeiras de roda.

 eventos, produtividade, acessibilidade

Check List para garantir a acessibilidade

A legislação norte-americana ADA (Americans with Disabilities Act) indica que os organizadores de eventos também devem estar atentos aos seguintes itens:

  • Instale rampas
  • Instale pisos táteis nas áreas de circulação
  • Reposicione as prateleiras
  • Reorganize mesas, cadeiras, máquinas de venda automática, racks de exposição e outros mobiliários
  • Instale portas mais largas
  • Elimine uma catraca ou ofereça outra alternativa na entrada
  • Instale barras de apoio ao lado ao lado do sanitário elevado
  • Reposicione o porta-toalhas e porta-sabonete
  • Instale um espelho de corpo inteiro no banheiro
  • Instale um dispensador de copos acessível ao lado dos bebedouros
  • Remova carpetes que prejudiquem a mobilidade das cadeiras de rodas ou que possam ficar enrugados, prejudicando a circulação de pessoas em muletas ou com deficiência visual

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 LinkedIn 0 Google+ 0 Filament.io 0 Flares ×

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *